Fundada em maio de 1999 com intuito de trabalhar a dança como um corpo político, a Membros Cia de Dança potencializou em cena, um diálogo de linguagens peculiar ao seu corpo estético que dança em contato com a dramaturgia das narrativas de suas peças. Tendo em suas história turnês desde 2000 pela Europa, Brasil e outros, paralisou em 2011 suas atividades depois de atuar em mais de 20 países e muitos festivais ao longo de suas atividades para que seus criadores pudessem "respirar" outras possibilidades e novos horizontes com outras experiências corporais em diferentes trabalhos.

 Memória 

Em 1999 surge a DI Cia de Dança, um eixo que se inseriu dentro da estrutura do CIEMH² e se findou em agosto de 2011. A Cia teve sua experiência pautada no processo conceituado como dança inclusiva – dança que envolve em cena pessoas com e sem deficiências. Em sua trajetória, teve outros nomes: "CVI in Dance" , "Dança Inclusiva, em Processo" , Dança Inclusiva" e, por fim, DI Cia de Dança onde a sigla DI sugere uma Definição Infinita.

Fundada em março de 2005 a Banda ART.1 representou o eixo musical da instituição. O grupo foi fruto dos resultados das oficinas de percussão e bateria que havia em 2004 no Projeto Hip Hop (antigo eixo 1 do CIEMH²) acrescidos da experiência de outros jovens que faziam participações em corais e grupos de música pop na cidade de Macaé.

A Cia INVERSOS de Teatro fundada em 2007, em Macaé/RJ, surgiu da inquietação de um grupo de jovens atores que desejava buscar novas formas de arte, e acreditava que mesmo o cotidiano é objeto de reflexão e ação artística. Desenvolvendo trabalhos em leituras dramatizadas, performances, esquetes e espetáculos a cia circulou no mercado cultural, se firmando assim, como grupo profissional.

O Grupo de Dança de Rua e Pesquisa em Dança VERBO FUNKY, baseado no lema “Paz, União, Amor e Diversão o Grupo investiu na pesquisa das linguagens “Old School” e “Funky Style” levando ao público um trabalho coreográfico rico de componentes da história do Hip Hop musical, cênico e corporal oferecendo oportunidades de conhecimento, cultura e dança a comunidades fora do eixo dos grandes centros urbanos.

Durante todos esses anos de desenvolvimento do CIEMH2, antes mesmo de sua fundação legal, grupos profissionais foram estruturados e desenvolvidos junto a equipe que atua na casa, obtendo grandes conquistas pelo Brasil e no Exterior. Alguns alcançaram sua autonomia e outros se findaram. São eles:

dossiê Membros Cia de Dança 2009
dossiê DI Cia de Dança 2010
dossiê Banda Art.1 2010
dossiê Cia Inversos de Teatro 2012
Empresas Parceiras:
Apoio institucional:

© 2018 por Renato Mota

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White YouTube Icon