Programação da semana do projeto PAPO RETO NA CULTURA URBANA

Dando continuidade à programação do projeto “Papo Reto na Cultura Urbana”, evento online e gratuito, o CIEMH2 Núcleo Cultural promove um encontro da Cultura Hip Hop, misturando o novo e o antigo, o popular e o erudito, com atividades que permeiam todos os elementos do Hip Hop, como a Dança, Graffiti, Rap, DJ e Conhecimento. O projeto acontece de forma remota e em múltiplas plataformas, como o Google Meet e YouTube, além de conteúdos diversos publicados no Instagram e no Facebook do CIEMH2 Núcleo Cultural. E para participar basta acompanhar toda a programação e se inscrever nas atividades de interesse, pelo formulário disponibilizado no link https://forms.gle/MYwFp3bDDzpSLrUy7 , para assim, receber os links de acesso às atividades, além de receber lembretes para não perder nenhum momento. O Papo Reto na Cultura Urbana promove ações de valorização e fortalecimento da Cultura Urbana de Macaé/RJ, e conta com recursos do Prêmio Culturas Populares: Edição Teixeirinha idealizado pelo Ministério da Cidadania e Governo Federal, é realizado pelo CIEMH2 Núcleo Cultural e tem o Apoiador Cultural a Arco Íris Petrotintas. Confira a programação da semana:

- Quarta-feira (18) “Daqui pra lá, de Lá pra cá - Dança Comentada” com Coletivo Flores Convidados: Dilma Negreiros, Rafael de Souza, Renato Mota, Dani Morethe, Thiago Morethe, Lorena Bitencourt e Joyce Pacheco Mediação: Taís Vieira Ingresso Gratuito às 20h pelo Google Meet Um Bate Papo Virtual que tem como objetivo levar e trazer vivências ligadas a artistas que passaram e passam pelo CIEMH2 Núcleo Cultural. O “Daqui pra lá, de Lá pra cá - Dança Comentada”, resgata trabalhos de dança antigos, através de registros em vídeos e também trabalhos mais atualizados, para uma análise em forma de bate papo entre mediador, coreógrafo e intérpretes dançarinos convidados. Esta semana o grupo em pauta será o COLETIVO FLORES, sob a direção da coreógrafa Taís Vieira, possibilitando o conhecimento e a análise das linguagens de seus trabalhos.

SOBRE O COLETIVO FLORES A licença poética de escrever roteiros para suas obras coreográficas como quem faz cinema, permite ao Coletivo Flores propor um passeio coreográfico por questões sociais que permitem ampliar a cena artística para uma discussão social além das fronteiras do fazer arte. ​ É uma escolha trabalhar narrativas que nem sempre são lineares, mas sempre narrativas. E por essas escolhas o fazer político de discussão sobre determinadas “coisas” faz com que esta cia de dança seja um “coletivo” e não apenas um grupo de atuação em cenário artístico. ​ Dialogar com as pessoas, construir movimentações e fazer arte é a forma de colocar-se diante do mundo como um grupo panfletário que deseja conversar com quem os assiste e estabelecer trocas a partir de seu olhar, tornando a todos parte do Flores.

- Quinta-feira (19) “Papo Reto – Danças Urbanas ou Dança de Rua?” Convidados: Sandro Fernandes, Thiago Morethe e Taís Vieira Mediação: Rafael de Souza Ingresso Gratuito às 20h pelo Google Meet O 5º elemento da Cultura Hip Hop é o Conhecimento, e como está sugerido no título do projeto, o papo é reto visando ampliar os horizontes do saber através da história de cada vertente artística cultural urbana da cidade de Macaé. Mas para chegar até aqui, essa cultura veio de onde? Para responder a esta pergunta, nesta semana teremos um encontro com grandes nomes da Danças Urbanas de Macaé: Sandro Fernandes, Thiago Morethe e Taís Vieira SOBRE OS ARTISTAS Sandro Fernandes é coreógrafo, dançarino e professor de Danças Ubanas, foi coordenador e instrutor do núcleo de Hip Hop do programa Art Luz em Macaé por 12 anos, participando de inúmeros festivais pelo Brasi.. Atualmente é colaborador como coréografo, dançarino, produtor e professor do Grupo Geração Pro Street Thiago Morethe é fundador e coreógrafo do Represent Dance Crew e intéprete criador do Coletivo Flores. Desenvolve projetos de Danças Urbanas na cidade de Macaé desde 2013, além de circular com seus trabalhos pelo Brasil, além de ser premiado em festivais, como o Festival de Dança de Joinville. Taís Vieira é fundadora e diretora artística do CIEMH2 Núcleo Cultural e coreógrafa e diretora do Coletivo Flores. Criadora do método leitura de signos para criações coreográficas, desenvolve pesquisas para o corpo urbano, levando para os palcos temas encontrados no meio social. Esteve por diversos países e cidades levando o trabalho do Coletivo Flores e, anteriormente, com a Cia Membros.

- Sexta-feira (20) “MUROS DA CIDADE – o novo já nasce velho” Episódio 4: "Poesia de Parede" com ROTA às 20h no canal youtube.com/ciemh2macae No quarto episódio da série, o artista ROTA faz sua intervenção em um muro, cuidadosamente escolhido na cidade de Macaé, como forma de expressar sua arte e bater um papo apresentando suas histórias e suas visões de mundo além dos muros. O documentário faz um passeio, em formato de galeria a céu aberto, onde serão apresentadas as antigas e novas intervenções dos grandes grafiteiros da cidade. As artes desses artistas compõem as paisagens macaenses há anos, trazendo sempre cor e vida à cidade. A série documental tem a direção de Taís Vieira. Todos os episódios estarão disponíveis no canal do YouTube do CIEMH2 Núcleo Cultural. Link de acesso ao canal: www.youtube.com/ciemh2macae SOBRE ROTA Artista visual autodidata, iniciou sua carreira profissional em 2012 e desde então realiza intervenções artísticas de forma independente em eventos de Graffiti, além de ministrar palestras e oficinas. SERVIÇO “PAPO RETO NA CULTURA URBANA” De 03 a 29 de agosto Programação completa: www.ciemh2.com Inscrições: https://forms.gle/MYwFp3bDDzpSLrUy7 EVENTO GRATUITO